Transferidas as atividades para comemorar o Dia do Pampa

Em decorrência das condições climáticas não se realizaram neste domingo, 17/12/2018, as atividades previstas para lembrar o Dia do Pampa em Porto Alegre e em Pelotas. Nova data será informada no decorrer da semana.

Um total de 178 mil km2, cenário único, exclusivo do Rio Grande do Sul, está em grave risco de extinção. Pela aprovação da Proposta de Emenda à Constituição Federal – PEC 05/2009. Vote sim ao novo texto que inclui como Patrimônio Nacional o bioma dos Campos Sulinos!   

Apóie esta idéia!!   http://goo.gl/1aJzU8

Captura de Tela 2017-12-15 às 16.52.23

Anúncios

GESP apresenta a proposta do Complexo Berço das Águas para a UPF

Captura de Tela 2017-12-15 às 17.06.16A convite da Universidade de Passo Fundo, o GESP – Grupo Ecológico Sentinela dos Pampas, associado da APEDeMA/RS,  apresentou a proposta do Complexo Berço das Águas ao Reitor da Universidade de Passo Fundo. O encontro ocorreu na quarta-feira, 13/12/2017. Pela entidade, estiveram na Universidade a Flávia Biondo da Silva e o Paulo Fernando Cornélio.

Continuar lendo

Dia do Pampa será comemorado no domingo, 17

Captura de Tela 2017-12-13 às 09.42.49Com uma mateada, será comemorado no domingo, dia 17, o Dia do Bioma Pampa. A data é comemorada neste dia por coincidir com o dia de nascimento do ambientalista José Antonio Lutzenberger, em 1926 (falecido em 14/5/2002)  A AGAPAN – Associação Gaucha de Proteção ao Ambiente Natural e o INGA e a própria APEDeMA, que é a federação das entidades ambientalistas, estão apoiando a atividade, com o MOGDEMA, Núcleo de Ecojornalistas do RS e Clube de Cultura. Atividades para comemorar a data estarão acontecendo em todo o Estado do Rio Grande do Sul.

O Pampa foi reconhecido como Bioma em 2004 e teve seu dia criado em 2007, necessitando ser considerado como patrimônio natural na Constituição Federal! (PEC do Bioma Pampa 05/2009).
Continuar lendo

Educação Ambiental nas escolas de Passo Fundo será intensificada em 2018 pelo GESP

Captura de Tela 2017-12-15 às 17.16.11No ano de 2017 o Grupo Ecológico Sentinela dos Pampas – GESP deu início a um importante trabalho de educação ambiental com as escolas municipais de Passo Fundo. A proposta é tirar os alunos de dentro da sala de aula e leva-los para perto da natureza para desenvolver de forma prática o senso crítico sobre os aspectos ambientais e a importância das florestas e recursos hídricos. As atividades foram iniciadas em abril com os alunos da EMEF Leão Nunes de Castro do distrito de Bom Recreio e encerradas na quarta dia 6/12/2017 com os alunos de 3º e 4º ano da EMEF Professora Helena Salton, do loteamento Cesar Santos, no Bairro São Cristóvão, em visita a FLONA em Mato Continuar lendo

APEDEMA denuncia que a Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade de Porto Alegre está promovendo o preenchimento de vagas no COMAM sem legitimidade

A respeito da forma como a Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade de Porto Alegre está conduzindo o preenchimento de vagas destinadas a entidades da sociedade civil e o próprio funcionamento do Conselho Municipal do Meio Ambiente a APEDeMA/RS, que reúne as entidades ambientalistas do Rio Grande do Sul, incluindo as de Porto Alegre, emitiu a seguinte Nota à População:

A Assembleia Permanente de Entidades em Defesa do Meio Ambiente do Rio Grande do Sul (APEDEMA-RS), diante do EDITAL SMAMS 02/2017, publicado em 4 de dezembro de 2017 no Diário Oficial de Porto Alegre, pelo Secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Porto Alegre, Sr. Maurício Fernandes, para a ocupação de 1 (um) assento no Conselho Municipal de Meio Ambiente, vem a público esclarecer:

O Secretário nega-se a divulgar os motivos para alterar, de maneira unilateral, a forma de eleição das entidades da sociedade civil, que há 21 anos (desde 1996) é promovida pela Apedema com ampla legitimidade e reconhecimento público, inclusive, até então, por todos os secretários de meio ambiente deste município. O Secretário não respondeu os ofícios encaminhados pela Apedema (Ofício 06/2017, de 14/07/2017 e Ofício 08/2017, de 21/08/2017) em relação ao EDITAL 01/2017. Continuar lendo

Associação Amigos do Meio Ambiente de Guaíba e Associação dos Moradores do Balneário Alegria, com apoios, realizam manifestação contra a poluição da CMPC

Nota da AMA publicada em seu site noticia as atividades da comunidade no último domingo contra a poluição causada pela CMPC

Captura de Tela 2017-12-06 às 12.03.29.jpeg

Na tarde do domingo, 3 de dezembro, a ABA – Associação dos Moradores do Balneário Alegria e a AMA – Associação Amigos do Meio Ambiente, com o apoio do Grupo de Teatro Popular Comparsaria das Façanhas, receberam o reforço do Grupo de Voluntários do Greenpeace de Porto Alegre e do NAT – Núcleo Amigos da Terra Brasil, e promoveram uma série de atividades visando aprofundar o debate e denunciar que os impactos da produção de celulose continuam atingindo a população local dia e noite.

O grupo percorreu o entorno da empresa, vivenciando o ruído e o odor de compostos de enxofre no ar. O Marco Farroupilha (patrimônio histórico com pedido de tombamento junto ao IPHAE), bem como os fundos da fábrica foram visitados. Na Praia da Alegria, a Comparsaria das Façanhas realizou uma intervenção teatral em que criticou o modelo produtivo da cadeia da celulose e seus impactos inerentes, como o monocultivo de eucalipto e expulsão das famílias do campo, além dos conflitos socioambientais no entorno da indústria. O Greenpeace somou-se ao ato abordando os riscos à saúde da população, e fazendo fotos e vídeos que integram uma campanha em apoio à causa, que conta também com uma petição exigindo a volta da qualidade de vida no local. Continuar lendo

Conselho do Meio Ambiente de Porto Alegre completa um ano sem reunião e entidades vão representar para apurar responsabilidades

As integrantes da APEDeMA/RS AGAPAN, IGr[e, Ingá e União pela Vida divulgaram na tarde desta sexta-feira, 24/11, a seguinte nota sobre a ausência de encontros do Conselho Municipal do Meio Ambiente de Porto Alegre.

NOTA PÚBLICA CONJUNTA

A Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (Agapan), a Associação Sócio-Ambientalista (Igré), o Instituto Gaúcho de Estudos Ambientais (Ingá) e a União Pela Vida (UPV) vêm a público manifestar que hoje (24/11/2017) completa um ano sem reuniões do Conselho Municipal de Meio Ambiente de Porto Alegre (Comam). A data de hoje também marca, exatamente, seis meses da posse do atual titular da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Smams), Maurício Fernandes da Silva.

Continuar lendo