AMA Guaíba reúne-se com o Ministério Público sobre o Arroio Passo Fundo

Nesta quarta-feira (22/5), Dia da Biodiversidade, a Associação Amigos do Meio Ambiente – AMA, de Guaíba, participou de uma segunda reunião com o Ministério Público local sobre a recuperação do Arroio Passo Fundo.

Arroio Passo Fundo, Guaíba-RS

O encontro contou com presença expressiva de representantes da Prefeitura Municipal, da Fepam e da Corsan e, representando a sociedade civil, a União das Associações de Moradores de Guaíba – UAMG e a AMA.

Eduardo Quadros, que representou a AMA no encontro, destaca que um produtor de arroz que retirava água do Arroio para a sua plantação teve o pedido de outorga negado pelo Departamento de Recursos Hídricos e terá que realizar a irrigação a partir de outra fonte. Com isto, o Arroio terá mais água para diluir a sua poluição. Para o DRH, não se pode irrigar uma plantação de arroz a partir de água imprópria para uso.

Leia mais
Anúncios

As ameaças trazidas pelas monoculturas de árvores

A Amigos da Terra Brasil em parceria com a WRM (World Rainforest Movement) promoveu o debate “Ameaças e Impactos dos Monocultivos de Árvores e das Árvores Transgênicas“, que recebeu dezenas de participantes no Clube de Cultura em Porto Alegre no ínicio de abril de 2019.

O monocultivo de árvores é tema presente há decadas e que se aprofundiza nos tempos presentes denunciando a situação de permanente ameaça às comunidades e à biodiversidade em escala regional e global.

Interferências no clima e nas reservas de água, grilagem de terras públicas, esgotamento da biodiversidade, são alguns dos relatos de quem vê no entorno do seu território de origem a mudança na paisagem e ampliação dos campos de cultivo de árvores em diferentes locais do Brasil. Na contramão, estão exemplos de resistência comunitária e de ações de retomada de terras e reconstrução do que foi dizimado pelo extenso monocultivo.

Para se aprofundar na temática:

Feijoada no Rincão Gaia é neste fim de semana

Feijoada no Rincão Gaia

com miúdos de suíno próprio, não confinado, e sem aditivos químicos

  • 24 e 25 de maio de 2019

Sábado
– Até 12:00 – check in e confecção da feijoada
– 13:00 – Feijoada
– 15:00 – Passeio guiada Primeira Parte
– 17:00 – lanche
– 19:30 Jantar
– 20:30 Passeio noturno
– 21:30 Roda de Fogueira
Domingo
– 07:45 – Café da manhã.
– 09:00 – Passeio Guiado Segunda Parte.
– 12:30 – Almoço.
– 14:00 – Check out

Investimento
incluindo hospedagem, alimentação completa e atividades programáticas:
R$ 223,00 /pessoa; entrada de R$ 67,00 + 2 parcelas de R$ 78,00 com acomodação no mezanino coletivo.
R$ 223,00/ pessoa + tx única/quarto de R$ 35,00 por acomodação em quarto triplo.
R$ 223,00/pessoa + tx única/quarto de R$ 40,00 por acomodação individual, de casal ou dupla em quarto.
Ingresso 24/05, 09 – 18:00: R$ 95,00

Informções e reservas

51 99725 3685
WhatsApp e telefone

reservas@fgaia.org.br

8ª Festa da Biodiversidade é nesta quarta no Largo Glênio Peres

A 8ª edição da Festa da Biodiversidade ocorre nesta quarta-feira (22/5/2019) durante todo o dia (8h às 22h) no Largo Glênio Peres, em Porto Alegre, com o encontro de diversos coletivos para celebrar as diversas lutas que compõem a Biodiversidade.

Entre as entidades que apoiam a iniciativa está os Amigos da Terra Brasil e o Ingá, associados da APEDEMA/RS.

Consema se nega a pautar Mina Guaíba, projeto que, se implantado, afetará a população e a natureza da região

Reprodução

Entidades ambientalistas, integrantes da APEDEMA-RS, foram surpreendidos com a condução dos trabalhos do CONSEMA – Conselho Estadual do Meio Ambiente, na reunião ocorrida na tarde desta quinta-feira (9/5/2019) que recusou-se a colocar em pauta a discussão sobre o projeto Mina Guaíba, previamente incluído pelo Instituto Mira Serra.

O projeto Mina Guaíba pretende extrair carvão mineral em mina a ser explorada localizada entre os municípios de Charqueadas e Eldorado do Sul. Atualmente, está em processo de licenciamento ambiental junto à Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam).

Continuar lendo

Fundação Gaia oferece programação especial de Páscoa

De 19 a 21 de abril, a Fundação Gaia está convidando os interessados em programa especial, em que a entidade irá oferecer lazer, aprendizados e contatos com a natureza. Na inscrição, já estão incluídos a hospedagem e a alimentação completa. A culinária do Rincão Gaia é farta e deliciosa e a acolhida se dá em uma charmosa hospedaria com opções de alojamento coletivo em quartos duplos e triplos.

Continuar lendo