CEA destaca que nada mudou desde 1996 em relação às áreas verdes de Pelotas – a desconservação das unidades de conservação

O Centro de Estudos Ambientais – CEA, com sede em Pelotas, destacou recentemente em seu site um artigo publicado no Jornal Diário da Manhã em que destaca a importância das áreas verdes nas cidades. A nota foi publicada em 9 de abril de 1996 e de lá para 2017 nada mudou, diz.  Veja a nota, seguida de artigo do Advogado e militante ambientalista Antonio Soler:

As Unidades de Conservação Desconservadas, artigo de abril de 96

Com esse titulo, o CEA publicou o artigo abaixo, no Jornal Diário da Manhã (Pelotas), em 09 de abril de 1996, destacando a importância das áreas verdes, no meio urbanizado, bem como das áreas protegidas, para a proteção ambiental e a necessidade do governo municipal em reservar recursos para politicas ambientais que contemplem tais preocupações.

Como sabemos, passados mais de vinte anos da publicação desse artigo, pouco ou nada mudou. Pelotas ainda aguarda pelo seu Parque Urbano, bem como pela implantação de uma Unidade de Conservação, apesar de grande potencial para ambos, visto que inclusive é proprietário de três áreas: Parque Farroupilha, barragem e Ecocamping. Falta gestão, não falta área!!!

 

Continuar lendo

Anúncios

Coordenação da APEDeMA pede mais discussão para projeto sobre a arborização de Porto Alegre

cropped-apedema5.jpgA Coordenação colegiada da APEDeMA/RS, a federação das entidades ecologistas do Rio Grande do Sul, endereçou nesta quarta-feira (18/10/2017) manifestação aos Vereadores de Porto Alegre em favor de maior discussão para o Projeto de Lei nº  08/2017, que flexibiliza a licença de corte dos vegetais, permitindo a contratação de técnicos particulares pelos interessados.

Para a APEDeMA/RS, a questão deveria ser objeto de uma audiência pública que permita a comunidade se manifestar. Enquanto isso, se houver votação, a APEDeMA pede que o projeto seja rejeitado pelo conjunto dos vereadores.  

  • Veja também:

Entidades da APEDeMA/RS, entre outras, apóiam petição pública contra projeto de lei em Porto Alegre que facilita o corte de árvores

INGÁ pede retirada do regime de urgência de projeto que viabilizaria “Arboricídio” em Porto Alegre

 

Nely Blauth, do Instituto Augusto Carneiro, ex-ativista dos Amigos da Terra, faleceu nesta segunda

Captura de Tela 2017-10-16 às 18.46.12Vítima de um câncer, faleceu na manhã desta segunda-feira (17/10/2017), em Porto Alegre a ativista Nely Blauth que militou muitos anos nos Amigos da Terra Brasil. Atualmente, trabalhava voluntariamente no Instituto Augusto Carneiro, como diretora-executiva.  Discreta e eficiente, manteve  a biblioteca e o histórico dos Amigos da Terra formada durante anos pela atuação no Brasil e em outros países de Magda Renner e Giselda Castro.

Possuia pós-graduação em Geografia Ambiental com ênfase em Desertificação. Trabalhou de 1974 a 1996 no Departamento de Planejamento Urgano e Regional da Secretaria Estadual de Obras do Estado do RS. Iniciou o voluntariado nos Amigos da Terra em 1997.

Os Atos fúnebres ocorrem na capela 2 do Cemitério João XXIII e o enterro dia 17/10 às 10h30min.

Giovani Gregol faleceu em Porto Alegre

Captura de Tela 2017-10-14 às 17.53.42

O ex Secretário Municipal do Meio Ambiente e, membro do Conselho Superior e diretor da AGAPAN – Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural em várias gestões na década de 1980/90, Giovani Gregol, faleceu nesta sexta-feira aos 59 anos de idade. Seu corpo foi velado hoje, sábado (14/10/2017), no Cemitério Martinho Lutero, em Porto Alegre. A cerimônia de adeus ocorreu às 16h. O corpo do Gregol será levado ao Crematório de Canela.

Gregol foi casado com Verena Daroldi Gregol.

Giovani Gregol era professor de História em escolas de 1º e 2º Graus. Foi vereador pelo PT em Porto Alegre em duas legislaturas, 1989/1992 e 1993/1996. Foi Secretário do Meio Ambiente da Capital gaúcha sucedendo Caio Lustosa, na gestão de Tarso Fernando Herz Genro. Depois, integrou o PV e, ultimamente, participava do PMDB.

Como militante ambientalista, participou de forma atuante na efetivação  do Parque Estadual de Itapuã, na criação de diversos grupos ecológicos, como, por exemplo, o Grupo Deite na Grama, na realização do primeiro encontro estadual de entidades ecológicas realizado em Santa Maria, em 1984, dentre outras realizações.  Como vereador, teve atuação muito forte na proteção aos animais e na defesa de praças e da arborização de Porto Alegre.

 

AGAPAN participa do Villa do Jazz com bate-papo sobre Composteira Caseira

Ao som do melhor do Jazz, integrantes da AGAPAN – Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural estarão neste sábado (dia 14/10/2017), às 18h, ensinando a fazer uma Composteira Caseira no Villa do Jazz.

VILLA DO JAZZ são dois dias de grandes encontros de cultura com conexões diversas, em uma experiência de arte, gastronomia e entretenimento. Acontece nos dias 14 de outubro, sábado das 16h às 23h, e 15 de outubro, domingo das 15h às 22h.

O local é o Centro de Eventos do BarraShoppingSul – Av. Diário de Notícias, 300.

Captura de Tela 2017-10-11 às 17.33.52

Mais informações sobre o Evento

Quilombo dos Machado

Captura de Tela 2017-10-08 às 22.45.46O Conheça mais sobre o Quilombo dos Machado e sobre a situação legal quilombola. Contribuição de Patrícia Gonçalves, da Frente Quilombola RS​ e do Amigos da Terra Brasil​, e do Rodrigo Machado, integrante da comunidade do Quilombo dos Machado, durante o o seminário “Situação Legal dos Territórios Não Brancos”.

O seminário, que aconteceu no dia 28 de setembro de 2017, fez parte da programação do evento Enegrecendo setembro, no Instituto Federal. Durante todo setembro, o evento promoveu debates e atividades para contribuir na construção de uma outra visão sobre o mês de setembro e contrapor o sentimento de orgulho farroupilha do Rio Grande do Sul.  Lanceiros Negros vivem!

Assista ou compartilhe do canal do Youtube do Amigos da Terra Brasil:
https://youtu.be/qUAorytSdbE