Deputado Luiz Fernando Mainardi (PT) desiste de projeto que liberava parques eólicos de EIA

Captura de Tela 2016-08-23 às 22.26.55A EcoAgência Solidária de Notícias Ambientais publicou nesta terça-feira (23/8) a seguinte nota do jornalista Ulisses A. Nenê:

O Núcleo de Ecojornalistas (NEJ-RS) recebeu, na tarde desta terça-feira (23,) um telefonema do chefe de gabinete do deputado estadual Luiz Fernando Mainardi (PT), Cláudio Pereira, informando que o parlamentar desistiu do projeto de lei 341/2015, que liberava projetos de grandes parques eólicos da obrigatoriedade do Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima). A proposta encontrou grande oposição entre os ambientalistas, que lançaram um manifesto assinado pela Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (Agapan), Ingá, Instituto Mira-Serra, Movimento Gaúcho de Defesa do Meio Ambiente (Mogdema) e Núcleo de Ecojornalistas (NEJ-RS). Continuar lendo

Entidades convocam reunião pública para tratar da Crise na Área Ambiental do RS

Está confirmada para 25/8, às 19h, no Plenarinho da Assembleia Legislativa do RS, a reunião pública sobre a CRISE NA ÁREA AMBIENTAL DO RS. Será um evento das entidades ambientalistas vinculadas à APEDeMA/RS, a federação das entidades ambientalistas gaúchas, e outras entidades, sindicatos de funcionários da SEMA e movimentos, como o Mogdema (espaço de integração da pauta ambiental com sindicatos e outros movimentos, para além das entidades ambientalistas).

Serão tratados os retrocessos legais e da gestão desastrosa na SEMA e na política ambiental a reboque da retomada com força da economia insustentável no Estado

PEDIDO À COMISSÃO – Paulo Brack, do INGÁ, e da Coordenação da APEDEMA/RS, e Leonardo Melgarejo, presidente da AGAPAN, estão solicitando ao Deputado Valdeci Oliveira, Presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia, uma reunião oficial com o mesmo objetivo – entendem os dois que “o tema é complexo e algumas iniciativas em andamento na Assembleia Legislativa, além de ameaçar o ambiente comprometem o presente e o futuro da economia gaúcha, revelando-se merecedoras de discussão abrangente, com a participação da sociedade e da comunidade científica”.

 

AGAPAN pede ações urgentes para despoluir o Guaíba

Captura de Tela 2016-07-20 às 19.42.48.jpeg
Arte sobre mapa do Google
A Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (Agapan) enviou, nesta quarta-feira (20), ao Ministério Público Estadual e a autoridades representantes de diversos órgãos públicos do RS uma carta cobrando ações em relação à poluição e à origem das alterações no cheiro e no sabor da água em Porto Alegre
Confira abaixo:
Continuar lendo

AMA Guaíba: zoneamento para mineração de areia no Guaíba não tem embasamento técnico adequado

amaEm meio a um cenário de incertezas quanto às reais causas e consequências das alterações de sabor e odor da água que, há cerca de um mês, chega às torneiras da população abastecida pelo Guaíba, e que dão uma demonstração das fragilidades de nosso manancial, dos órgãos de controle ambiental, e dos sistemas de abastecimento públicos.

Está em discussão no Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Lago Guaíba uma proposta de zoneamento para mineração de areia no Guaíba. A SEMA – Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, demandada pelo setor da mineração, apresentou para avaliação dos membros do Comitê um documento intitulado “Zoneamento Ambiental para Atividade de Mineração no Lago Guaíba” que deveria embasar tecnicamente a proposta.

 

Apesar do curto tempo disponibilizado, a AMA – Associação Amigos do Meio Ambiente, de Guaíba, realizou consultas e discussões com técnicos/as das diversas áreas pertinentes ao tema (Engenheiros/as Ambientais e Químicos/as, Biólogos/as, Geólogos/as, e Sociólogos/as) e sintetizou as informações e pareceres obtidos em uma análise que foi encaminhada ao Comitê, como posicionamento neste debate.

Abaixo seguem as conclusões da avaliação:

Continuar lendo

AGAPAN cobra soluções para a poluição do Guaíba

 

Foto: Ivo Gonçalves/PMPA

“Qual a magnitude de acidentes, em termos de saúde pública, estão esperando acontecer para que seus governos venham a tomar alguma providência sensata nesta questão, visto que os rios Sinos, Gravataí e Caí, industrialmente impactados, também somam nessa triste conta de poluição ambiental?”

O vice-presidente da Agapan, Roberto Rebes Abreu, e o secretário-geral da entidade, Heverton Lacerda, entregaram nesta sexta-feira (15) ao prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, uma carta cobrando providências em relação à qualidade da água do Guaíba.
O secretário do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), Elisandro de Oliveira, participou da reunião e ficou encarregado de dar um retorno à Agapan e à comunidade sobre os questionamentos e solicitações encaminhadas.

A carta também é endereçada ao governador José Ivo Sartori e será protocolada no Palácio Piratini na segunda-feira, 18.

Continuar lendo

AMA Guaíba desenvolve projeto junto à Penitenciária Feminina

Projeto Lótus leva empoderamento e cidadania a mulheres da Penitenciária Julieta Balestro

Feitios, resgate, saúde e autonomia

Desde o começo de junho, as mulheres em privação de liberdade na Penitenciária Feminina Julieta Balestro, em Guaíba, passam por um profundo resgate de cidadania. Trata-se do Projeto Lótus – Feitios, resgate, saúde e autonomia, desenvolvido pela AMA – Associação Amigos do Meio Ambiente, associada da APEDeMA/RS, com recursos obtidos através de Edital da Vara de Execuções Criminais da Comarca de Guaíba.

A ideia surgiu a partir das reuniões do Conselho da Comunidade de Guaíba, com a identificação de demandas básicas na rotina das mulheres que cumprem pena na penitenciária, sobretudo com respeito a artigos de higiene pessoal e cuidados com a própria saúde. Continuar lendo