Educação Ambiental nas escolas de Passo Fundo será intensificada em 2018 pelo GESP

Captura de Tela 2017-12-15 às 17.16.11No ano de 2017 o Grupo Ecológico Sentinela dos Pampas – GESP deu início a um importante trabalho de educação ambiental com as escolas municipais de Passo Fundo. A proposta é tirar os alunos de dentro da sala de aula e leva-los para perto da natureza para desenvolver de forma prática o senso crítico sobre os aspectos ambientais e a importância das florestas e recursos hídricos. As atividades foram iniciadas em abril com os alunos da EMEF Leão Nunes de Castro do distrito de Bom Recreio e encerradas na quarta dia 6/12/2017 com os alunos de 3º e 4º ano da EMEF Professora Helena Salton, do loteamento Cesar Santos, no Bairro São Cristóvão, em visita a FLONA em Mato Continuar lendo

Anúncios

Agapan Debate de 13/11 vai tratar da importância da Fundação Zoobotânica para a preservação ambiental e para a Ciência

Captura de Tela 2017-11-04 às 20.30.01.jpeg

A Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul (FZB/RS), que presta inestimáveis serviços para a sociedade gaúcha, está na mira do governo para ser extinta.
Participe do Agapan Debate no dia 13 de novembro e conheça um pouco mais sobre a atuação desta importante fundação e a situação do projeto governamental que quer extingui-la.
Para apresentar o tema, convidamos o biólogo e pesquisador do Museu de Ciências da FZB/RS Glayson Ariel Bencke e o advogado Christian Ozório Kloppemburg, também da Fundação Zoobotânica. A mediação estará por conta do jornalista João Batista Santafé Aguiar, conselheiro da Agapan e editor do site agirazul.com.

Curicaca realiza seminário sobre a construção de soluções nas Unidades de Conservação com enfoque no Parque Nacional da Lagoa do Peixe

Captura de Tela 2017-11-03 às 18.50.53
No dia 13 de novembro, o Instituto Curicaca organiza o seminário Construindo soluções em Unidades de Conservação com enfoque no Parque Nacional da Lagoa do Peixe (RS). O objetivo do evento é debater desafios e oportunidades na unidade de conservação gaúcha, assim como discutir modelos para geração de renda sustentável da comunidade local.

O gestor do parque nacional, Fernando Weber, estará no evento e irá ministrar uma palestra sobre o tema Percepções sobre os interesses que podem gerar divergências de visões sobre o parque. Representantes do ICMBio, do Ministério do Meio Ambiente, de prefeituras e da Universidade Federal do Rio Grande do Sul já estão confirmados no evento.

Para se inscrever, é preciso preencher o formulário online (disponível aqui). No ato de entrada no seminário será cobrado o valor de R$5 para apoiar os custos do evento. Continuar lendo

Quilombo dos Machado

Captura de Tela 2017-10-08 às 22.45.46O Conheça mais sobre o Quilombo dos Machado e sobre a situação legal quilombola. Contribuição de Patrícia Gonçalves, da Frente Quilombola RS​ e do Amigos da Terra Brasil​, e do Rodrigo Machado, integrante da comunidade do Quilombo dos Machado, durante o o seminário “Situação Legal dos Territórios Não Brancos”.

O seminário, que aconteceu no dia 28 de setembro de 2017, fez parte da programação do evento Enegrecendo setembro, no Instituto Federal. Durante todo setembro, o evento promoveu debates e atividades para contribuir na construção de uma outra visão sobre o mês de setembro e contrapor o sentimento de orgulho farroupilha do Rio Grande do Sul.  Lanceiros Negros vivem!

Assista ou compartilhe do canal do Youtube do Amigos da Terra Brasil:
https://youtu.be/qUAorytSdbE

Seminário contra o Extrativismo no Rio Grande do Sul acontece nesta sexta, na UFRGS

Com o apoio do INGÁ e da AGAPAN, entre outras instituições, o Grupo de Pesquisa Organização & Práxis Libertadora da Escola de Administração da UFRGS realiza nesta sexta-feira (6/10/2017), no Auditório da Faculdade de Ciências Econômicas da UFRGS o seminário “Pela Vida Contra o Extrativismo e a Mineração no RS”. O evento começa às 9h e se estende até às 16h.

O local  será o Auditório da Faculdade de Ciências Econômicas da UFRGS na av. João Pessoa,  52

A empresa Votorantim Metais Holding (uma joint venture entre Votorantim Metais Holding e Mineração Iamgold Brasil) pretende extrair do solo zinco, chumbo e cobre, transformando um depósito de 29 milhões de toneladas de minério na região do alto Camaquã em uma mina a céu aberto com vida útil de 20 anos. A exploração de minério em minas a céu aberto é uma prática altamente destrutiva. Não há registros de mineração nesses moldes que não tenham gerado consequências negativas. Atualmente, o projeto está sendo contestado na Fepam.Pela relevância do tema e as ameaças que um projeto desta magnitude representam, o grupo de pesquisas Organização e Práxis Libertadora (www.ufrgs.br/organizacaoepraxislibertadora) promove o seminário ‘Pela Vida Contra o Extrativismo e a Mineração no RS’, que reunirá pesquisadores e lutadores sociais organizados para contestar o projeto.

O evento conta com o apoio da Regional ANDES-RS, Seção Sindical ANDES-SN/UFRGS, APG-UFRGS, SBEO, Agapan e Ingá.

Pede-se ampla divulgação. As inscrições serão feitas no local.

As inscrições serão realizadas no local.

11/9 – História e perspectivas do movimento ecológico gaúcho é a pauta do próximo Agapan Debate

Como avançar diante de um cenário político-econômico de ataque ao ambiente natural?
As constantes e crescentes investidas contra o patrimônio ambiental brasileiro e mundial demandam maior atenção e empenho de entidades ambientalistas e demais integrantes da luta em defesa do ambiente natural, que, em sua grande maioria, trabalham de forma voluntária e economicamente dispendiosa.
Casos como a criminosa ação contra o rio Doce, que até hoje não puniu os culpados pela maior catástrofe ambiental provocada pela ação humana no Brasil, o desmatamento e o envenenamento do solo e da água provocados pela cultura agroindustrial brasileira, entre outros, nos apontam para a necessidade refletir sobre o atual estágio do ambientalismo praticado, em especial, aqui no Rio Grande do Sul e no Brasil.
Rever a história do ambientalismo, que conta com o importante protagonismo da Agapan, desde 1971, e entender os desafios que vêm pela frente são fundamentais para qualificar e ampliar a mobilização em torno da luta ecológica.

Continuar lendo

16 e 17/9 – Taís Fonseca aborda as 3 Ecologias, no Rincão Gaia

Captura de Tela 2017-09-05 às 00.45.48.pngA Fundação Gaia, associada da APEDeMA/RS, promove dias 16 e 17 de novembro o curso sobre ‘3 Ecologias’, com Taís Fonseca, inspirada no filósofo Felix Guatarry.

Captura de Tela 2017-09-05 às 00.59.49.pngAinda há vagas para a vivência que ocorrerá no Rincão Gaia . O lugar dedicado à difundir o pensamento ecológico e holístico,  um exemplo prático de restauração ambiental, construído em cima de uma pedreira, em Pantano Grande, município de Rio Pardo.

Maiores informações e inscrições pelo
telefone /Whatsapp: 99725-3685, ou por email reservas@fgaia.org.br

Evento no Facebook