CEA aponta contradições na Audiência Pública sobre aterro sanitário em Cerrito Alegre

captura-de-tela-2017-03-03-as-03-08-12
Maicon Bravo, do CEA – Foto: Antonio Soler/CEA

Maicon Bravo, professor e integrante do Centro de Estudos Ambientais, em artigo publicado no site da entidade, destaca os acontecimentos da Audiência Pública realizada em 24/2/2017, na Câmara Municipal de Pelotas, sobre a instalação de aterro sanitário na localidade de Cerrito Alegre.

Para Maicon, surgiram na discussão  “algumas contradições” sendo as principais as que dizem respeito a consciência ambiental, ritos institucionais e democracia.

Leia o artigo na íntegra

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s