Exposição no Museu de Arte do RGS marca os 45 anos da AGAPAN

A abertura será nesta quinta-feira, às 18h30.

captura-de-tela-2016-10-06-as-06-40-23

O Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli convida para a exposição É VIDA! AGAPAN – 45 ANOS, com abertura dia 6 de outubro, às 18h30min, no MARGS.

A mostra, com curadoria de André Venzon, reúne cerca de 100 artistas visuais e escritores com obras em aquarelas, desenhos, pinturas, gravuras, fotografias, arte digital e textos poéticos. A exposição pode ser visitada até 13 de novembro de 2016, nas galerias Ângelo Guido e Pedro Weingartner, com entrada franca.

A densa arborização de Porto Alegre não seria a mesma, se há 45 anos José Lutzenberger, Augusto Carneiro, Caio Lustosa, Alfredo Gui Ferreira, entre outros ambientalistas, não houvessem criado a Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural – AGAPAN. Com o apoio do Instituto Estadual do Livro – IEL, a mostra vem homenagear a entidade, através de artistas visuais e escritores, em respeito a esta histórica associação que tem como lema A VIDA SEMPRE EM PRIMEIRO LUGAR.

A AGAPAN é uma ONG sem fins lucrativos fundada em 1971. Dedicada à luta em defesa do meio-ambiente − é uma das entidades pioneiras em seu gênero no Brasil. Desde sua fundação tem desenvolvido uma série de importantes ações, entre as quais se destacam a ativa participação no processo de tombamento da Mata Atlântica no Estado, a defesa da orla do Guaíba, a preservação da Usina do Gasômetro e, atualmente, a luta por um projeto do Cais Mauá para todos, contra o uso indiscriminado de agrotóxicos no Brasil, pela abertura à sociedade do debate em relação aos transgênicos, entre outras de caráter mais local e regional, como a proteção das árvores de Porto Alegre.

Faz parte ainda da história da AGAPAN e da luta ambiental, o emblemático episódio nos anos 70, em que o estudante de Agronomia da UFRGS, Carlos Alberto Dayrell, subiu numa árvore em frente à faculdade de Direito para protestar contra a sua derrubada e a construção do viaduto Imperatriz Leopoldina em Porto Alegre. Este fato ficou internacionalmente conhecido e colocou a cidade como protagonista da causa ambiental no país. Naquela época, o ambientalista José Lutzenberger, questionado pelo público sobre o que fazer contra a derrubada de árvores que acontecia por aqui, teria dito: “Nós já fizemos bastante coisa, mas não fomos ouvidos, façam vocês, subam nas árvores!”.

Motivados por este chamado histórico que ainda ecoa na atualidade, cerca de 100 artistas visuais e escritores aceitaram o convite para participar deste projeto expositivo. Com aquarelas, desenhos, pinturas, gravuras, fotografias, arte digital e textos poéticos expressaram, entre visões e palavras, suas mensagens sobre formas da vida que têm uma representatividade ecológica. Criando múltiplas situações em que nos apercebemos da imensa necessidade de permanecermos conectados com a energia vital da natureza.

A exposição pode ser visitada até 13 de novembro, de terças a domingos, das 10h às 19h. Visitas mediadas podem ser agendadas pelo e-mail educativo@margs.rs.gov.br

André Venzon (Curador)

André Venzon é artista visual, gestor cultural e mestrando em Poéticas Visuais pelo Instituto de Artes da UFRGS.

Artistas e Escritores

Achutti • Adam Hoffmann • Adriana Donato • Alcy Cheuiche • Alexandra Eckert • Alexandre Brito • Alexandre Copês • Alexandre Pinto Garcia • Altair Martins • Ana Mähler • André Venzon • Andressa Lawisch • Angela Zaffari • Antonio Augusto Bueno • Antônio Vasques • Arlete Santarosa • Armindo Trevisan • Berenice Fischer • Bianca Santini • Bina Monteiro • Brito Velho • Bruno Borne • Caé Braga • Carlos Pasquetti • Carine Krummenauer • Carol W • Cavalcanti • Celma Paese • Celo Pax • Celso Gutfreind • Cintia Moscovich • Claudia Hamerski • Clóvis Dariano • Cristiano Sant’Anna • Cristina Ferrony • Danny Bittencourt • Dênis Siminovich • Diana Corso • Dulce Helfer • Edgar Vasques • Eduardo Vieira da Cunha • Ena Lautert • Emanuel Monteiro • Esther Bianco • Fábio André Rheinheimer • Fernanda Valadares • Fredy Vieira • Gabriel Pessoto • Gilberto Habib • Gilberto Perin • Giovani Ngnoatto • Gustavo Assarian • Gustavo Freitas • Gustavo Rigon • Helena d’Ávilla • Helenice Porcella • Heloisa Medeiros • Hô Monteiro • Jaime Cimenti • Jeannine Kriscke • Julio Lima-Appel • Katia Costa • Laura Castilhos • Laura Fróes • Leandro Machado • Leandro Selister • Leopoldo Plentz • Letícia Remião • Lorena Steiner • Lucca Curtolo • Magna Sperb • Marcelo Bordignon • Marcelo Chardosim • Marcos Fioravante • Maria Carpi • Maria Di Gesu • Mariana Prestes • Marilice Corona • Mario Pirata • Maristela Salvatori • Mariza Carpes • Marta Loguercio • Martha Reichel Reus • Miriam Tolpolar • Moisés Tupinambá • Neca Sparta • Paulo Chimendes • Paulo Porcella • Paulo Scott • Ricardo Silvestrin • Roberta Borges • Roberto Ploeg • Rodrigo Plentz • Rogerio Livi • Rosane Morais • Sandro Ka • Sandra Rey • Tabajara Ruas • Téti Waldraff • Theo Felizzola • Tonico Alvares • Victor Hugo • Vivian Lockmann • Walter Galvani • Walter Karwatzki • Wilbert • Xadalu • Zoravia Bettiol • Zupo

Realização

  • Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural – AGAPAN
  • IEL – Instituto Estadual do Livro
  • Museu de Arte do Rio Grande do Sul
  • Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Serviço

Exposição É VIDA! AGAPAN – 45 ANOS

  • Abertura: dia 6 de outubro, às 18h30min
  • Visitação: De 07 de outubro a 13 de novembro
  • Local: Galerias Ângelo Guido e Pedro Weingartner, no MARGS
  • Entrada franca.

 

Museu de Arte do Rio Grande do Sul

Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural – AGAPAN

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s