Entidades ambientalistas do RS pedem a não liberação de culturas transgenicas com uso do agente laranja em plenária da CNTBio em Brasília

Agapan, Ingá e Mogdema entregaram no último dia 17 de abril na plenária da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança – CNTBio em Brasília  abaixo-assinado contendo 3000 assinaturas pedindo a não liberação do “agente laranja” (herbicida D-24).  A preocupação está em que o Brasil pode se tornar um dos primeiros países a liberar comercialmente culturas transgênicas (milho e soja) ligadas ao herbicida 2,4 – D, com o componente do “agente laranja”, que foi amplamente utilizado durante a Guerra do Vietnã.

Antonio Andriolli,representante das entidades leu a carta da Agapan destacando “estamos cobrando do  governo brasileiro sua responsabilidade de impedir esta e outras liberações que aumentem o uso indiscriminado de transgênicos e de agrotóxicos, visto que o país já se destaca como campeão no uso de agrotóxicos”. E recomendou: “pedimos à CNTBio que  aplique neste caso os  princípios da precaução,da saúde humana  e do meio ambiente equilibrado.”

Fonte: Agapan http://www.agapan.org.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s